Daniel promete cobrar obras do Arco Metropolitano

Deputado não acredita em retaliação do Governo Federal (Foto: Lucas Melo/Arquivo Folha)

Deputado federal eleito, Daniel Coelho (PSDB) promete cobrar do Governo Federal a obra do Arco Metropolitano. Segundo o tucano, a intervenção já tinha sido prometida pela presidente Dilma Rousseff (PT), mas ainda não saiu do papel e, por conta disso, é preciso fazer uma pressão política para dar início ao projeto já no próximo ano.

Renan diz que não há ‘pauta-bomba’ no Senado

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou nesta quinta-feira (30) que o governo Dilma Rousseff (PT) precisa dialogar mais com o Congresso Nacional e negou que o Senado esteja preparando “pautas-bomba”, que gerem mais gastos para o Governo Federal. Em entrevista coletiva, Renan disse que chegou a hora de “esfriar os ânimos” após o período eleitoral, mas destacou que a “convergência” para uma “agenda nacional” não vai “cair do céu”.

“Isso terá que ser construído por uma boa interlocução. Definitivamente, precisamos conversar. Essa interlocução precisa estar mais presente de lado a lado”, disse o peemedebista. “Mesmo que as pessoas não concordem em algumas coisas, elas precisam conversar. Conversar, todos sabem, não arranca pedaço”. Embora o PMDB faça parte da coligação que reelegeu Dilma, Renan ressalvou que a aliança “não significa pensar exatamente igual sobre tudo”.

Ele também negou que o Senado esteja preparando uma “pauta-bomba” em retaliação a resultados adversos na eleição deste ano. “Temos preocupação com o equilíbrio fiscal (do País)” afirmou. Apesar disso, o peemedebista confirmou que a votação do projeto que troca do indexador da dívida de Estados e municípios com a União será votada na próxima quarta-feira, 5.

PSDB quer auditoria para resultado das eleições

O PSDB protocolou nesta quinta-feira (30) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedido de auditoria especial para verificar o resultado das eleições presidenciais deste ano. O candidato do partido Aécio Neves perdeu a disputa para a petista Dilma Rousseff por uma diferença de 3,28 pontos percentuais. Na petição, assinada pelo coordenador jurídico do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP), o partido justifica que há “uma somatória de denúncias e desconfianças por parte da população brasileira” motivada pela decisão do tribunal de só divulgar o resultado da eleição presidencial após a votação no Estado do Acre.

“O aguardo do encerramento da votação no Estado do Acre, com uma diferença de três horas para os Estados que acompanham o horário de Brasília, enquanto já se procedia a apuração nas demais unidades da federação, com a revelação, às 20h00 do dia 26 de outubro, de um resultado já definido e com pequena margem de diferença são elementos que acabaram por fomentar, ainda mais, as desconfianças que imperam no seio da sociedade brasileira.”

O partido pede ao TSE a abertura de processo de auditoria nos sistemas de votação e de totalização dos votos, por uma comissão de especialistas formada a partir de representantes indicados pelos partidos políticos. “É justamente com o objetivo de não permitir que a credibilidade do processo eleitoral seja colocada em dúvida pelo cidadão brasileiro que nos dirigimos neste momento à presença de Vossas Excelências”, alega. O TSE ainda não se manifestou a respeito.

PAULO CMARA SE ENCONTRA COM EMPRESÁRIOS DO GOVERNO DA ITÁLIA

 O governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara, e o vice-governador eleito, Raul Henry, participaram, na última quarta-feira (29.10) à noite, de um jantar na Embaixada do Brasil em Roma com empresários italianos e brasileiros, e representantes do Governo da Itália, interessados em investir no Estado. Algumas das empresas – como a Fiat e a Mossi & Ghisof – já contam com unidades em Pernambuco.

“Pernambuco criou um ambiente favorável à atração de investimentos que geram emprego e renda para nossa gente. Os italianos, por meio de várias empresas, já participam dessa nova etapa da economia do Estado”, disse Paulo Câmara. Com a expansão da economia pernambucana nos últimos anos, os empresários buscaram informações sobre novas possibilidades de disputar o crescente mercado consumidor de Pernambuco e do Nordeste.

O encontro, organizado pelo embaixador do Brasil, Ricardo Neiva Tavares, contou com as presenças de representantes da empresas Fiat (Paolo Rebaudengo), Pirelli (Filippo Marisa Grasso), Mossi & Ghisofi (Lorenzo Montagna), Ferrero (Luca del Balzo di Presenzano) e da Led Brasil Group (Robson Oliveira).

OAB-PE quer coibir preconceito nas redes sociais

Representantes do órgão querem apuração de casos de incitação ao preconceito (Foto:Divulgação/Assessoria)

A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Pernambuco (OAB-PE) protocolou notícia-crime junto ao Ministério Público Federal em Pernambuco e em São Paulo, para que sejam apurados os casos de incitação ao preconceito difundido nas redes sociais contra os eleitores nordestinos. As agressões verbais aumentaram consideravelmente logo depois das eleições do segundo turno para presidente da República.

Pag 1 of 1.48812345...102030...Última »