PAULO BUSCA NOVAS PARCERIAS COM O BANCO MUNDIAL

Depois de manter conversações com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para conseguir novas parcerias de financiamento nas áreas de Saúde e Educação, o governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara, esteve ontem (26), na sede do Banco Mundial (Bird), na capital federal. Câmara conversou com a representante do Bird no Brasil, Deborah Wetzel.

“O Banco Mundial sempre foi muito receptivo para com Pernambuco. Principalmente porque o Estado apresenta bons projetos, bem avaliados pela própria instituição”, disse Câmara, ao deixar a sede do Bird no Brasil.

O governador eleito lembrou que muitos dos projetos de Pernambuco, inclusive, estão sendo apresentados pelo Bird como modelos de boa gestão para outros Estados. “Pernambuco tem se diferenciado. O Estado tem crescido mesmo quando o País não cresce. Não vão faltar projetos e ideias nos próximos quatro anos”, prometeu Paulo.

COMISSÃO ESPECIAL DE ELABORAÇÃO DO PLANO DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL APRESENTA RELATÓRIO

Foi apresentado, ontem (26), o relatório da Comissão Parlamentar Especial para Elaboração do Plano Estadual de Assistência Estudantil da Assembleia Legislativa durante audiência pública. O relator do colegiado, deputado Rodrigo Novaes (PSD) informou que o documento com propostas para melhorar as condições dos estudantes será encaminhado, no início do próximo ano, ao futuro governador Paulo Câmara.

Entre as propostas, está a criação de um Conselho de Assistência Estudantil composto de representantes dos Poderes Legislativo e Executivo, e de entidades estudantis. Outras proposições são a implementação de políticas de acessibilidade nas instituições educacionais voltadas para alunos com deficiência, o fortalecimento das bibliotecas com mais investimentos no acervo, e a adoção de medidas de incentivo aos municípios, para criar e manter Casas do Estudante.

LUCAS RAMOS VISITA OBRAS DO HOSPITAL DOM TÓMAS

O deputado estadual eleito Lucas Ramos (PSB) visitou, nesta terça-feira (25), as obras de construção do Hospital Dom Tomás, no bairro do Gercino Coelho, em Petrolina. Segundo o ex-prefeito da cidade e atual presidente da Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami), Augusto Coelho, o hospital deve ampliar a assistência aos pacientes com câncer na Região do Vale do São Francisco. A unidade irá disponibilizar desde o trabalho preventivo, até a realização de exames, cirurgias, quimioterapia e radioterapia.

Hoje, a Apami oferece mensalmente atendimento a mais de 1.300 pessoas com câncer, através do Centro de Oncologia Dr. Muccini. “O impacto social e a importância dos serviços prestados pela Apami são enormes para a região. Vir aqui e conhecer a história de algumas crianças, por exemplo, nos faz ter ainda mais esperança na vida e nas pessoas”, comentou Lucas Ramos.

A previsão é de que a primeira etapa do Hospital Dom Tomás, uma área de 6 mil metros quadrados, seja entregue à população no mês de julho do ano que vem. A intenção de Lucas Ramos é buscar parcerias para que o número de atendimentos possa ser ampliado. “Queremos que ainda mais pessoas sejam beneficiadas e que o hospital seja entregue à população no menor espaço de tempo possível”, concluiu Lucas Ramos.

Mudanças no Governo e PCR

Por Carol Brito
Da Folha de Pernambuco

A composição do secretariado do futuro governador Paulo Câmara (PSB) poderá ter reflexos na Prefeitura do Recife. Nos bastidores, a leitura é que com a nova composição da frente governista, que abrigou 21 legendas na eleição estadual, alterações na equipe do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), também serão necessárias. Os gestores socialistas seguem em tratativas por telefone e podem acertar alterações nas equipes em conjunto.

Inicialmente cogitado para o Palácio dos Princesas, o coordenador da equipe de transição, Renato Thièbaut, pode integrar o secretariado municipal. O nome do ex-chefe de gabinete do Governo do Estado estaria sofrendo resistência de uma ala socialista, mas há quem aposte que pode haver fogo amigo contra Thièbaut.

Já o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, que ocupa a pasta de Governo é alvo de especulação para deixar a Prefeitura. Contudo, é considerado um quadro-chave para a gestão municipal e deverá permanecer no cargo. A volta do deputado federal Felipe Carreras (PSB) para a equipe do prefeito também é ventilada por socialistas. A especulação feita em reserva por socialistas é que Geraldo Julio precisará reforçar sua administração visando seu projeto de reeleição em 2016.

Diga com quem anda, Levy…

Por Eduardo Sol
Da Coluna Folha Política

A presidente reeleita Dilma Rousseff deve anunciar, de hoje para amanhã, os nomes de sua equipe econômica: Fazenda, Planejamento, Banco Central e os presidentes da Caixa e do Banco do Brasil. Como foi adiado (seria na última sexta-feira), por diversos problemas, o Planalto tentou disfarçar, mas os vazamentos iniciaram um processo de fritura, que, se o Governo não bater o pé, pode gerar um ex-provável ministro da Fazenda antes do anúncio oficial. Nelson Barbosa, ex-secretário da Fazenda, irá para o Planejamento. Alexandre Tombini continuará no BC. Já Joaquim Levy, escolhido para a Fazenda, está sob artilharia. A esquerda do PT odiou, taxando-o de “tucano”. Levy participou do grupo de economistas consultados pelo ex-presidente do BC, Armínio Fraga, coordenador do plano de Aécio Neves (PSDB). Ou seja, deu palpites ao maior rival do PT em anos. Foram consultas informais, mas ele é próximo de Fraga. Dilma não tem opção. Mas chegará “temperado”.

O adiamento do nome de Joaquim Levy colocou-o na frigideira antes mesmo de ser oficializado

Ortodoxia, o retorno
A preocupação de muitos não é nem tanto sua proximidade com Armínio Fraga. Nove entre dez economistas no Brasil respeitam Fraga e sua carreira. A questão é que Levy é declaradamente um ortodoxo, linha que vinha sendo seguida no Ministério da Fazenda até Guido Mantega sentir pressão direta de Dilma Rousseff. Pilares importantes foram “para o espaço”.

Pag 1 of 1.56812345...102030...Última »